Portão de Cima Branco

Vinho Branco

A mostrar 13–22 de 22 resultados

  • Portão de Cima Branco

    Descrição:

    Portão de Cima Branco, produzido pela Quinta da Barca, situada em Vila Marim, Mesão Frio, na região demarcada do Douro. Os vinhos são produzidos com uvas de elevada qualidade, cuidadosamente selecionadas e provenientes exclusivamente da Quinta da Barca.

    CASTAS: Malvasia Fina, Arinto, Viosinho e Rabigato.

    Vinificação: 

    Método de “bica-aberta”, com decantação de 24 horas e posterior fermentação, durante 25 dias, com controlo de temperatura, realizada em cubas de inox de
    pequena capacidade.

    ENOLOGIA: Nuno Felgar e Pedro Coutinho. 

    NOTAS DE PROVA: Cor citrina, brilhante, aroma intenso com notas frutadas. Fresco na boca e com um elegante final de boca.

    Sugestão: Deve ser consumido a 8-10°C.

    Experimente com…

    Todo o tipo de peixes, mariscos e saladas mediterrânicas.

    Teor Alcoólico: 13,5 %.

    Ano de Colheita: 2019

    Classificação: Vinho de Mesa Douro, Portugal.

    Produtor: Quinta da Barca

  • Quinta da Lapa Alvarinho 2018

    Descrição:

    Quinta da Lapa Alvarinho 2018, Vinho da Região do Tejo produzido e engarrafado na propriedade. Elaborado a partir de uvas provenientes das vinhas da Quinta da Lapa, em solo argilo-calcário, vindimadas à mão no seu ponto ótimo de maturação. Vinificado e engarrafado na adega da Quinta este vinho combina as mais modernas técnicas com os mais ancestrais saberes da região.

    CASTAS: 100% Alvarinho.

    ENOLOGIA: Jaime Quendera e Jorge Ventura.

    VINIFICAÇÃO E ESTÁGIO

    Fermentação em cubas de inox com temperatura controlada. Pode estagiar em boas condições por um período de 4 anos em garrafa.

    PROVA

    Aromas frescos e frutados com notas citrinas e tropicais. Bom volume de boca. Final agradável e persistente com nuances minerais.

    EXPERIMENTE COM…

    Harmoniza bem com sardinhas assadas. É também muito bom acompanhamento para mariscos.

    Temperatura Recomendada: 10-­12ºC

    Teor Alcoólico: 12%

    Produtor: Quinta da Lapa

    Classificação: Vinho da Região do Tejo.

    Prémios e Distinções:

    16 valores e Boa Escolha – Vinhos Grandes Escolhas Magazine

     

  • QUINTA DO SOBRAL Branco 2018

    Descrição

    QUINTA DO SOBRAL Branco 2018, é um Vinho do Dão, Sub Região de Santar, Vinho Branco, produzido a partir de uvas das castas Encruzado, Malvasia e Cerceal , com Enologia de Carlos Lucas, do produtor Quinta do Sobral.

    CASTAS: Encruzado, Malvasia e Cerceal

    ENOLOGIA: Carlos Lucas

    VINIFICAÇÃO E ESTÁGIO:

    A vindima decorreu na segunda semana de Setembro. As uvas foram vindima- das manualmente, para pequenas caixas de 18Kg, de acordo com uma seleção criteriosa das melhores uvas na vinha.

    As uvas foram totalmente desengaçadas e imediatamente prensadas. O mosto resultante passou para um pequeno depósito inox, onde decantou a baixa temperatura durante 48h. O mosto limpo fermentou com leveduras indígenas a uma temperatura controlada para preservação de todos os aromas.

    Este vinho estagiou apenas em depósitos inox, para preservar toda a frescura e aromas naturais das castas que lhe deram origem.

    NOTAS DE PROVA

    Límpido de cor clara. Aromas de fruto tropical como banana e ananás, com apontamentos de citrinos.

    Na boca é mineral, com uma acidez viva que lhe dá muita frescura e um final persistente.

    Sugestão: Deve ser consumido a 10-12°C. Para acompanhar pratos de Peixes e Mariscos.

    Produtor: Quinta do Sobral

    Classificação: Dão DOC Colheita, Portugal

    Ano de Colheita: 2018

    Teor Alcoólico: 13%,

     

  • QUINTA DO SOBRAL Branco Encruzado 2017

    Descrição

    QUINTA DO SOBRAL Branco Encruzado 2017, é um Vinho do Dão, Sub Região de Santar, Vinho Branco, produzido a partir de uvas da casta Encruzado , com Enologia de Carlos Lucas, do produtor Quinta do Sobral.

    CASTAS: Encruzado.

    ENOLOGIA: Carlos Lucas

    VINIFICAÇÃO E ESTÁGIO:

    A vindima decorreu na primeira semana de Setembro. As uvas foram vindimadas manualmente, para pequenas caixas de 18Kg. A casta vindimada é somente Encruzado.

    As uvas foram totalmente desengaçadas e imediatamente prensadas. O mosto resultante passou para barricas novas de carvalho francês de 500lt, onde fermentou com leveduras indígenas durante 6 meses. Durante a fermentação foi feita a battonage.

    NOTAS DE PROVA

    Vinho com paladar muito jovem e fresco com aromas de boca intenso, bem frutado.

    Na boca apresenta-se fresco, estruturado e algo volumoso com final persistente.

    Sugestão: Deve ser consumido a 10-12°C. Para acompanhar pratos de Peixes e Mariscos.

    Produtor: Quinta do Sobral

    Classificação: Dão DOC, Portugal

    Ano de Colheita: 2017

    Teor Alcoólico: 14%,

    Notas de Imprensa:

    Concurso Internacional Citta del Vino 2019

    – Medalha de Ouro

  • QUINTA DO SOBRAL Reserva Branco 2018

    Descrição

    QUINTA DO SOBRAL Reserva Branco 2018, é um Vinho do Dão, Sub Região de Santar, Vinho Branco, produzido a partir de uvas das castas Encruzado e Bical , com Enologia de Carlos Lucas, do produtor Quinta do Sobral.

    CASTAS: Encruzado e Bical.

    ENOLOGIA: Carlos Lucas

    VINIFICAÇÃO E ESTÁGIO:

    A vindima decorreu na segunda semana de Setembro. As uvas foram vindimadas manualmente, para pequenas caixas de 18Kg, de acordo com uma seleção criteriosa das melhores uvas na vinha.

    As uvas foram totalmente desengaçadas e imediatamente prensadas. O mosto resultante passou para um pequeno depósito de inox, onde decantou a baixa temperatura durante 48h. O mosto limpo iniciou a fermentação em barricas de carvalho Francês de 500l, com leveduras indígenas.

    Durante a fermentação foi feita battonage. O vinho permaneceu nas barricas 4 meses.

    NOTAS DE PROVA

    Cor límpida e citrínica. Aroma com notas de limão, maçã e flor de laranjeira. Na prova de boca mostra complexidade aromática, finura e volume de barrica de grande qualidade.

    Sugestão: Deve ser consumido a 10-12°C. Para acompanhar pratos de Peixes e Mariscos.

    Produtor: Quinta do Sobral

    Classificação: Dão DOC Reserva, Portugal

    Ano de Colheita: 2018

    Teor Alcoólico: 14,5%,

    Notas de Imprensa:

    27º Concurso de Vinhos da Feira do Vinho do Dão

    – Vencedor dos dez melhores Vinhos Brancos de 2019

  • QUINTA DO SOBRAL Rosé 2018

    Descrição

    QUINTA DO SOBRAL Rosé 2018, é um Vinho do Dão, Sub Região de Santar, Vinho Rosé, produzido a partir de uvas das castas Touriga  Nacional e Tinta Roriz , com Enologia de Carlos Lucas, do produtor Quinta do Sobral.

    CASTAS: Touriga  Nacional e Tinta Roriz

    ENOLOGIA: Carlos Lucas

    VINIFICAÇÃO E ESTÁGIO:

    A vindima decorreu na terceira semana de Setembro. As uvas foram total- mente desengaçadas e de imediato prensa- das em prensa pneumática.

    O mosto de lágrima foi arrefecido e decantado a baixas temperaturas durante 24h.

    Estagiou em cubas inox a temperatura controlada para reforçar os aromas das castas.

    NOTAS DE PROVA

    Cor salmão, aroma complexo com frutos silvestres, especiarias e notas fumadas.

    Apresenta um bom volume, com taninos polidos e um final longo e envolvente.

    Sugestão: Deve ser consumido a 10-12°C. Para acompanhar pratos de Peixes e Mariscos.

    Produtor: Quinta do Sobral

    Classificação: Dão DOC Colheita, Portugal

    Ano de Colheita: 2018

    Teor Alcoólico: 13%,

     

  • Sátiro Clandestino Branco 2019

    Descrição:

    Vinho Regional Alentejano produzido e engarrafado na propriedade. Elaborado a partir de uvas provenientes das vinhas da herdade, vindimadas à mão no seu ponto ótimo de maturação. Vinificado e engarrafado na adega da herdade este vinho combina as mais modernas técnicas com os mais ancestrais saberes da região.

    CASTAS: Antão Vaz, Arinto e Verdelho

    ENOLOGIA: Manuel Vargas

    VINIFICAÇÃO E ESTÁGIO

    Resultado de um lote de vinhos onde usámos para fermentação as tradicionais Talhas de Barro (Ânforas) de inspiração romana, e simultaneamente,modernos lagares de aço-inox com
    temperatura controlada e pisadores automáticos. No lote fermentado pelo processo “romano” não foram utilizadas bombas mecânicas, todo o enchimento das “Talhas de Barro” foi efetuado
    manualmente e a fermentação foi efetuada por leveduras indígenas ou seja, não selecionadas. O Lote fermentado em aço inox estagiou 3 meses em barricas de carvalho francês. Neste lote
    usámos o efeito do processo de batonnage para conseguir potenciar o volume e a profundidade do vinho. O Lote fermentado em talha de barro estagiou 3 meses em ânfora de 190 lts.

    PROVA

    Apresenta cor amarelo dourado. Nariz intenso, com fruta branca e notas de frutos tropicais. Equilíbrio aromático entre os apontamentos de tosta da barrica e o mineral da talha de barro. O
    paladar é macio, aveludado e envolvente. Final de boca com boa acidez e volume, revelando-se seco, firme mas muito agradável e gastronómico.

    EXPERIMENTE COM…

    Ideal para acompanhamento de carnes brancas, saladas frias, pratos de peixe no forno ou grelhados, massas, risottos e queijos.

    Produtor: Joaquim Costa Vargas

    Classificação: Vinho Regional Alentejano.

    Teor Alcoólico: 13%

     

     

  • TANGENTE Branco 2017

    Descrição:

    Vinho Regional Alentejano produzido e engarrafado na propriedade. Elaborado a partir de uvas provenientes das vinhas da herdade, vindimadas à mão no seu ponto ótimo de maturação. Vinificado e engarrafado na adega da herdade este vinho combina as mais modernas técnicas com os mais ancestrais saberes da região.

    CASTAS: Antão Vaz e Arinto

    ENOLOGIA: Manuel Vargas

    VINIFICAÇÃO E ESTÁGIO

    Vinificado em cubas de inox de 5.000 LT de capacidade total e barricas novas de carvalho francês de 225 lts. Utilizando o método “bica aberta” aproveitando o chamado “vinho de gota” e primeiro esmagamento. A fermentação foi efetuada a temperaturas próximas de 18ºC no caso dos tanques de inox. Durante a fermentação alcoólica provoca-se o levantamento de borras em depósito e aplica se o processo de batonage em barrica. Trabalho de borras finas no pós fermentação.

    PROVA

    Apresenta cor dourada, aroma rico e imediatamente atrativo, intenso e frutado, cítrico e com notas bem marcadas de frutos tropicais tão características do Antão Vaz do “país das uvas”. O paladar é macio e equilibrado e de final frutado e longo, gordo e aveludado. Leve e com muito boa acidez que lhe confere grande frescura.

    EXPERIMENTE COM…

    Ideal para acompanhamento de carnes brancas, saladas frias, marisco, pratos de peixe cozinhados, grelhados, sushi e alguns queijos.

    Produtor: Joaquim Costa Vargas

    Classificação: Vinho Regional Alentejano.

    Dados Analíticos: 12,5%

     

     

  • Terras de Salvante Branco DOC Trás-os-Montes 2020

    Descrição

    Terras de Salvante Branco DOC Trás-os-Montes 2020, é um Vinho da Região de Trás-os-Montes, Valpaços, Santa Valha, do ano 2020, produzido com blend de castas mais características da região, provenientes de vinhas velhas.

    CASTAS: n/e.

    ENOLOGIA: n/e.

    VINIFICAÇÃO E ESTÁGIO:

    Maceração pré-fermentativa, seguida de fermentação em cubas de inox com controlo de temperatura.

    NOTAS DE PROVA

    Cor citrino esverdeado, aroma elegante e fresco, com intensas notas de fruta branca, citrinos e um ligeiro tropical, já na boca, fresco, com boa acidez, bom volume de boca e final longo e frutado.

    Sugestão: Acompanha pratos ricos em peixe, queijos. Deve ser consumido à temperatura entre 6 a 12°C.

    Produtor: Quinta do Salvante

    Classificação: DOC Trás-os-Montes, Colheita, Portugal

    Ano de Colheita: 2020

    Teor Alcoólico: 13,5%

     

  • Vargas Branco 2019

    Descrição:

    Vinho Regional Alentejano produzido e engarrafado na propriedade. Elaborado a partir de uvas provenientes das vinhas da herdade, vindimadas à mão no seu ponto ótimo de maturação. Vinificado e engarrafado na adega da herdade este vinho combina as mais modernas técnicas com os mais ancestrais saberes da região.

    CASTAS: Aragonês Trincadeira Alicante Bouschet Syrah

    ENOLOGIA: Manuel Vargas

    VINIFICAÇÃO E ESTÁGIO

    Maceração pré-prensagem. Vinificado em cubas de inox de 5.000 Lt. de capacidade total pelo método “bica aberta”. A fermentação foi efetuada a temperaturas próximas de 18ºC. Durante a fermentação alcoólica provoca se o levantamento de borras em depósito.

    PROVA

    Apresenta cor citrina, aroma rico e imediatamente atrativo, fresco, intenso e frutado, cítrico e com notas bem marcadas de frutos tropicais. O paladar é macio e equilibrado e de final frutado e longo. Leve e com muito boa acidez que lhe confere grande frescura.

    EXPERIMENTE COM…

    Ideal para acompanhamento de carnes brancas, saladas frias, marisco, pratos de peixe cozinhado, grelhados, sushi e alguns queijos.

    Produtor: Joaquim Costa Vargas

    Classificação: Vinho Regional Alentejano.

    Teor Alcoólico: 12,5%

     

     

EnglishPortuguese